Cidadania – Você Fiscal

Vote e seja fiscal! http://www.vocefiscal.org
Vote e seja fiscal! http://www.vocefiscal.org

Hoje é dia de votar. Cada um já escolheu seu candidato. Vamos lá – se possível – com as cores da bandeira no peito participar e fiscalizar. Elegeremos Presidente/a, Senadores, Deputados Federais e Governadores.

Esse povo vai estar lá por um bom tempo decidindo os destinos da Nação – nos representando.

Não importa agora quem vai ganhar. Mas importa que ganhe quem o povo escolher. Nós devemos fiscalizar o trabalho dos nossos representantes, sempre. Agora nos é dada a chance de fiscalizar a urna eletrônica, isso é ótimo. Desde agora podemos participar muito mais. Não perca essa oportunidade, é fácil, é seu direito.

Visite http://www.vocefiscal.org/.
Se você tem um smartphone existe um APP para facilitar o processo.
Se não tem use qualquer câmera e participe direto no site http://www.vocefiscal.org/.
Ainda que você não tenha uma câmera pode participar, peça para um amigo seu fazer a foto e enviar.

Pode ser que você vote cedinho e depois não esteja perto de onde votou. Não tem problema, entre em qualquer escola às 17 horas e faça a foto de um ou mais Boletins da Urna (BU) da que estiver mais próximo de você, ok?

Veja algumas telas do tutorial do APP:

Advertisements

Obrigado por colaborar!

Que tal você participar do que acontece em Brasília? Você pode fazer a diferença!
Veja o que acontece quando você participa de uma petição via Avaaz.
Participe = www.avaaz.org

Assinar leva segundos. avaazpic
Uma vez cadastrado, basta um clique.
Abaixo o e-mail que você recebe confirmando sua assinatura:

“Movimento Ficha Limpa via Avaaz

Obrigado por participar desta campanha no site Petições da Comunidade da Avaaz.

Obrigado por assinar a petição: Fim do Voto Secreto no Congresso Nacional!

Toda pessoa que se junta a esta campanha aumenta nossa força de ação. Por favor, separe um minuto para compartilhar este link com todos que você conhece: http://www.avaaz.org/po/petition/Fim_do_Voto_Secreto_no_Congresso_Nacional_7/?tVvByeb

Vamos fazer a mudança juntos,
movFichaLimpa


Aqui está a petição para encaminhar para seus amigos:

Fim do Voto Secreto no Congresso Nacional

“Precisamos saber se realmente estamos sendo representados por quem elegemos. Chega de manobras anti-democráticas. Chega de omissão/proteção. Queremos nossos interesses representados com transparência. Queremos o Fim do Voto Secreto no Congresso Nacional”

O noticiário político recente deixou a nítida impressão de que a utilização do voto secreto, nos órgãos legiferantes, seja algo espúrio, ou de certa forma menos digno, que se preste apenas para a concretização de manobras escusas, de enriquecimentos ilícitos e de ilegalidades diversas. Todos parecem acreditar que o voto secreto seja necessariamente uma imoralidade, porque o povo tem o direito de saber como votam os seus representantes.

Não há dúvida de que o eleitor tem o direito e até mesmo o dever de acompanhar a atuação dos seus representantes. Dizia Ruy Barbosa, quando senador, que:

“Dever é, logo, do membro do Congresso Nacional responder à nação pelo modo como exerce as funções legislativas. Para isso exerce ela a sua fiscalização contínua sobre os atos dos seus representantes, acompanha as deliberações parlamentares, sobre as quais deve atuar constantemente, a opinião pública, no seu papel de guia, juiz, freio e propulsor.”

http://www.avaaz.org/po/petition/Fim_do_Voto_Secreto_no_Congresso_Nacional_7/?tVvByeb

Enviado pela Avaaz em nome da petição de movFichaLimpa”

Veja a carinha do site:

image

————-

Para ter e dar menos trabalho para Avaaz, saiba como votar melhor.
Veja sempre como está a ficha do seu senador, deputados, etc.
Vsite http://www.politicos.org.br/

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

-= Trabalhe a partir de casa veja aqui a ferramenta! =-

.

.

.

.

.

Espaço político não fica vazio

Democracia é um exercício.

O povo sabe votar sim, está aprendendo cada vez mais, não tem assim memória tão fraca quanto querem que acreditemos. Mas então, você se pergunta, e com todo direito, como é que certas figuras estão sempre lá? Bom, um dos responsáveis é o Voto Proporcional.

Você não votou no cara que fez aquele escândalo, que roubou, de modo algum! Mas votou na legenda ou coligação dele. Você votou no seu vizinho. Você o conhece, sabe que é um cara inteligente e que pode ser um bom representante. Infelizmente ele não se elege… aí o voto nele vai somar no partido ou na coligação para a entrada do mais votado, que é o tal que você não pode nem ver na frente. É assim que o seu voto conta e dito cujo se elege.

Uma verdadeira sinuca de bico para o eleitor. As vezes tentando fugir disto acabamos fazendo o chamado Voto Útil, que é o votar nos que parecem ter mais chances. Isso também não resolve. Não adianta e podemos acabar reféns dos institutos de pesquisa.

A melhor saída, mesmo que isso deixe nosso vizinho triste por lhe negarmos o voto, é votar no partido. Você pode votar na pessoa, mas tem que levar em conta o partido também e ver quem são os outros na mesma legenda.

Nossa obrigação social é colocar lá um time cada vez melhor, que represente nossos ideais, nossos anseios em relação ao governo.

Não existe espaço político vazio!

Note que eu disse acima “..um dos responsáveis…” tem outro, tem sim, é o nosso comodismo. Esse comodismo ora se revela em votarmos sempre em um mesmo candidato sem pensar muito e ora em que não assumimos nenhum compromisso com o processo: não participamos.

Quem é bom… não se mete em política, certo? Errado, quem é bom participa. Se nós não nos manifestarmos nem, pelo menos, por meio do voto e não elegermos os nossos ideais e candidatos, outros o farão. Vai sempre existir Governo e teremos que nos submeter a ele. Esse é o tamanho da importância da nossa participação e do voto. (Que tal, prepare seu filho/a para ser o próximo/a presidente?!)

Voto Proporcional
Para saber o número de assentos de um partido na Câmara, primeiro é preciso calcular o quociente eleitoral, dividindo-se, para isso, o número de votos válidos apurados pelo de candidatos á Câmara. Segundo o Código Eleitoral (Lei 4.737/65), estão fora da disputa os partidos que não tiverem alcançado o número de votos igual ou superior ao quociente eleitoral. Os partidos que continuarem na disputa necessitam determinar quantos lugares cada um terá direito a ocupar. Esse é o quociente partidário: calculado dividindo-se o número de votos válidos da legenda pelo quociente eleitoral do município. Os eleitos são aqueles que obtiverem o maior número de votos dentro do partido, até o número de vagas a que a legenda tem direito. As vagas restantes são destinadas aos partidos com as maiores sobras de voto. Fonte: http://www.senado.gov.br/noticias/Especiais/possesenadores2011/noticias/entenda-o-que-e-voto-proporcional-e-suas-alternativas.aspx

Depois disto posto, quer mais ação e menos bla bla bla? Conheça AVAAZ.ORG participe!

Votei num elegi outro, como foi isso?

Links:

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Purificadores Purific, o melhor custo benefício. Água tratada na sua pia, deliciosa, leve para beber.
Purificadores Purific, o melhor custo benefício. Água tratada na sua casa, deliciosa e leve para beber.

Bill Clinton (olha como funciona a eleição nos USA)

Financiamento da campanha para presidente:

From: Bill Clinton <info>
Date: Fri, Sep 28, 2012 at 11:33 AM
Subject: Good morning
To: Antonio Carlos Rix <carlos.rix>

I hope you’ll pay attention, Antonio Carlos.We’re facing a big FEC fundraising deadline — after this, there’s only one more before Election Day.

Here’s why that matters: Your donation will go further now than it will next week. That’s because it will immediately be put to use — if your $15 (for example) goes toward hiring an organizer in Akron, Ohio, she’ll have more time to do her job and reach more voters. And that’s how elections are won.

I hope you’ll donate $15 or more before the September fundraising deadline:

https://donate.barackobama.com/Deadline-September

Thanks for everything you do.

Bill Clinton

P.S. — If you donate $15 or whatever you can today, you and a guest will be automatically entered to fly out to meet President Obama and me on the campaign trail.

No purchase, payment, or contribution necessary to enter or win. Contributing will not improve chances of winning. Void where prohibited. Entries must be received by September 28, 2012. You may enter by contributing to Obama for America here, by signing up for Quick Donate here, or click here to enter without contributing or signing up for Quick Donate. Two (2) winners will each receive the following prize package: round-trip tickets for winner and a guest from within the fifty U.S. States, DC, or Puerto Rico to a destination to be determined by Sponsor; hotel accommodations for winner and a guest; tickets for winner and a guest to two events of Sponsor; and the opportunity to meet with President Obama and President Clinton (approximate retail value of all prizes $3,200). Odds of winning depend on number of entries received. Promotion open only to U.S. citizens, or lawful permanent U.S. residents who are legal residents of 50 United States, District of Columbia and Puerto Rico and 18 or older (or age of majority under applicable law). Promotion subject to Official Rules and additional restrictions on eligibility. Sponsor: Obama for America, 130 E. Randolph St., Chicago, IL 60601.

Paid for by Obama for America
Contributions or gifts to Obama for America are not tax deductible
This email was sent to: carlos.rix.If that is not your preferred email address, you can update your information here.

We believe that emails are a vital way for the campaign to stay in direct contact
with supporters. Click here if you’d like to unsubscribe from these messages.
This campaign is a community, and all ideas are welcome.
We appreciate any feedback you might have — positive or negative.
Click here to contact the campaign with any questions or concerns.

Obama for America, P.O. Box 803638, Chicago, IL, 60680

open.gif

www.eing.com.br (Escola Internacional do Guarujá – a única verdadeiramente bilíngue)

Voto em um e outro se elege?

Democracia é um exercício.

O povo sabe votar sim, está aprendendo cada vez mais, não tem assim memória tão fraca quanto querem que acreditemos. Mas então, você se pergunta, e com todo direito, como é que certas figuras estão sempre lá? Bom, um dos responsáveis é o Voto Proporcional.

Você não votou no político que fez aquele escândalo, que roubou, de modo algum! Mas votou na legenda (partido) ou coligação dele. Você votou no seu vizinho. Você o conhece, sabe que é um cara inteligente e que pode ser um bom representante. Infelizmente ele não se elege… aí o voto nele vai somar no partido ou na coligação para a entrada do mais votado, que é o tal que você não pode nem ver na frente. É assim que o seu voto conta e dito cujo se elege.

Uma verdadeira sinuca de bico para o eleitor. As vezes tentando fugir disto acabamos fazendo o chamado Voto Útil, que é o votar nos que parecem ter mais chances. Isso também não resolve. Não adianta e podemos acabar reféns dos institutos de pesquisa.

A melhor saída, mesmo que isso deixe nosso vizinho triste por lhe negarmos o voto, é votar no partido. Você pode votar na pessoa, mas tem que levar em conta o partido também, quem são os outros na mesma legenda.

Nossa obrigação social é colocar lá um time cada vez melhor, que represente nossos ideais, nossos anseios em relação ao governo.

Não existe espaço político vazio!

Note que eu disse acima “..um dos responsáveis…” tem outro, tem sim, é o nosso comodismo. Esse comodismo ora se revela em votarmos sempre em um mesmo candidato sem pensar muito e ora em que não assumimos nenhum compromisso com o processo: não participamos.

Quem é bom… não se mete em política, certo? Errado, quem é bom participa. Se nós não nos manifestarmos nem, pelo menos, por meio do voto e não elegermos os nossos ideais e candidatos, outros o farão. Vai sempre existir Governo e teremos que nos submeter a ele. Esse é o tamanho da importância da nossa participação e do voto.

Voto Proporcional
Para saber o número de assentos de um partido na Câmara, primeiro é preciso calcular o quociente eleitoral, dividindo-se, para isso, o número de votos válidos apurados pelo de candidatos ao legislativo. Segundo o Código Eleitoral (Lei 4.737/65), estão fora da disputa os partidos que não tiverem alcançado o número de votos igual ou superior ao quociente eleitoral. Os partidos que continuarem na disputa necessitam determinar quantos lugares cada um terá direito a ocupar. Esse é o quociente partidário: calculado dividindo-se o número de votos válidos da legenda pelo quociente eleitoral do município. Os eleitos são aqueles que obtiverem o maior número de votos dentro do partido, até o número de vagas a que a legenda tem direito. As vagas restantes são destinadas aos partidos com as maiores sobras de voto. Fonte: http://www.senado.gov.br/noticias/Especiais/possesenadores2011/noticias/entenda-o-que-e-voto-proporcional-e-suas-alternativas.aspx

Meus blogs

www.youtube.com/glowbrazil

 conheça: http://www.softrack.com.br (sua frota sempre ao seu alcance)