Mova Mais (interessante)

Algumas considerações sobre o Mova Mais (MM) que podem evitar você se desgastrar atoa. Veja, a ideia do MM é fazer as pessoas saírem do sedentarismo, você ganha pontos progressivamente o quanto mais se movimentar. mova mais pontosCada 30 minutos de exercício contínuo rende pontos diários, da seguinte forma:

Não adianta pedalar 600 km, ele conta 30 minutos de seu exercício como uma atividade que vale 20/40 pontos, conforme o seu combo.

Olha o que eles explicam:

“Quantos pontos eu ganho por km percorrido?
(PERGUNTAS FREQUENTES – FAQ MM)
O Mova Mais dá pontos por dia em que você faz a meta diária de atividade física, não por quilômetro percorrido. Fazemos isso para recompensar o hábito saudável de manter atividades frequentes. A meta diária inicial de 30 minutos foi estabelecida de acordo com parâmetros do CDC Americano e da Organização Mundial da Saúde. A quantidade de pontos por dia é variável.”

Veja a tabela:
mova mais

Você pode ganhar mais pontos convidando amigos. Mas pode convidar, valendo pontos, somente 10 amigos. Depois não conta mais. Afinal, o aplicativo não é para levar você se tornar um divulgador, mas sim para levá-lo a se movimentar com regularidade.

Para fazer isso clique no link que fica no canto direito superior da tela (fig abaixo). Lá você tem três opções, via facebook, via twitter ou seu link pessoal ( o meu é – http://movamais.com/?convite=m0pxw05dlI )

mova mais pontos b

Outra maneira de aumentar seus pontos é aproveitar as promoções:

Texto relacionado: (para entrar no Mova Mais)
https://carlosrix.wordpress.com/2016/02/24/mova-mais/

———————-

BLOG
Youtube
H2OBRASIL
Escola Internacional – Seja um Franqueado

Advertisements

Mova Mais, viva mais

​Já vi muitos aplicativos prometendo trocar atividade física por pontos, prêmios, etc. Nenhum deles era realmente prático. A primeira revolução do Mova Mais é você se cadastrar, marcar o sistema que usa para registrar suas atividades e colocar o Mova Mais para conversar com o aplicativo de sua preferencia, fácil. Ou seja, coloco meu Strava para funcionar e vou fazer meu pedal, o Strava conversa com o Mova Mais e passa os dados para que eu receba os pontos. Um único aplicativo rodando com duas funções, isso é ecológico, economiza bateria.

Não perca tempo cadastre-se já: Mova Mais

Em uma semana e meia já fiz mais de 300 pontos


O que dá para fazer com os pontos, é uma boa pergunta.
De acordo com o site “Um usuário ativo pode ganhar mais de 15 mil pontos Mova Mais por ano… …Nosso objetivo é que você use estes pontos conquistados com exercícios para facilitar o resgate de vôos, diárias em hotel, eletrônicos e muitos outros benefícios valiosos para você. Nossa primeira parceria de troca de pontos é com Multiplus, onde cada 10 pontos Mova Mais equivalem a 1 ponto Multiplus.”

Bom, de fato, o mais importante é que você está se mantendo ativo e lucrando com isso é mais uma boa recompensa. O primeiro parceiro da MM, o Multiplus, oferece mais de 550 mil opções de produtos e serviços para trocar pelos seus pontos. É possível fazer a conversão a partir de 3.000 pontos ajuntados.

Em uma semana e meia fiz 340 pontos, se me aplicar um pouco mais, a cada dois meses e meio poderei fazer um resgate de 3000.

Vou testar, é fácil de usar, não custa nada. Em três meses volto para terminar esse post, contar para você o que rolou, ok?

Gostou da dica, entre no Mova Mais com meu link, ok?
http://movamais.com/?convite=m0pxw05dlI

Mais dicas: https://carlosrix.wordpress.com/2016/03/31/movamais-interessante/

Pedal, corrida, tudo na ponta dos dedos

Esse APP (e portal) é parar aqueles que gostam de se exercitar ao ar livre. O Nome é Strava e poder ajudar você se animar para fazer cada dia um pouco mais e melhor sua atividade física. ​

Você pode ver seus percursos, tempos, distâncias percorridas, calorias gastas – tudo fica arquivado:


Pode criar rotas para seguir ou simplesmente pedir ao sistema que o siga e marque seus trajetos:

Fácil de instalar e usar, recomendado para quem caminha, pedala, rema, escala, etc.

Na Google Play

Divirta-se!

——-

Leia também: Alimentação para tempos modernos