Show em Sampa

Júlia Tygel apresenta Novos Enredos,  novo concerto do projeto 

Entremeados: música popular brasileira para piano e violoncelo

28 de junho na Biblioteca Mário de Andrade (São Paulo)

ju       “O que a jovem compositora Júlia Tygel está fazendo é algo que tem conexão com uma tradição erudita muito forte, assinada embaixo por compositores da importância de um Liszt.”
(maestro João Maurício Galindo – Orquestra Jazz Sinfônica)

 ASSISTA AQUI AO TEASER E A 3 NOVAS MÚSICAS DO PROJETO AO VIVO

  A pianista Júlia Tygel estreia em junho o concerto Novos Enredos, uma continuidade do projeto Entremeados, com arranjos inéditos para piano e violoncelo de músicas de Milton Nascimento, Dori Caymmi e outros compositores brasileiros. No limiar entre a música erudita e a popular, a apresentação tem participação das violoncelistas Vana Bock (OSUSP) e Adriana Holtz (OSESP).

O concerto acontecerá no auditório da Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, na série instrumental com curadoria de Swami Jr., no dia 28 de junho (terça-feira) às 20h, com entrada franca.

Júlia Tygel é pianista e compositora. É doutora em música pela USP, tendo realizado parte do programa na City University of New York como bolsista CAPES-Fulbright, além de bacharel e mestre em música pela UNICAMP.

– Entrevista com Julia Tygel

Vídeos de shows passados: 

·      Brasil

·      Nova York

SERVIÇO:

Quando: 28 de junho, terça-feira
Show: “Entremeados: Novos Enredos”
Onde: Auditório da Biblioteca Mário de Andrade, São Paulo/SP
Endereço: Rua da Consolação, 94 – Centro
Horário: 20h
Duração do show: 1h15

Ingressos gratuitos, começam a ser distribuídos 1h antes do concerto.

Para mais detalhes acesse este link

Advertisements

Bicicletas – Ação antifurto

BICICLETA ID (bike id)

É triste, mas um fato. Todos podemos ser vitimas de furto. Vários amigos e conhecidos meus já sofreram assalto em pleno percurso.  O que fazer se sua bicicleta for roubada?

Sempre faça a ocorrência, sempre! A polícia muitas vezes já conhece os ladões. A PM os para, investiga as bicicletas, mas se não há um alarme de furto, um BO… têm que os deixar ir embora.  😦

No meio do alvoroço, do “aí meu deus, minha bike, minha bike! E agora, cadê?!” Dificilmente a pessoa vai se lembrar de numero do chassi, cor, marca, marcas, acessórios, etc.

É aí que um post no seu blog, um álbum no Face, fotos salvas na nuvem, podem ajudar e muito. O que aqui e agora pode parecer uma coleção bobinha de fotos, na hora da necessidade, vai se mostrar um valioso instrumento.

De fato, rapidamente a policia pode saber como sua bicicleta é em detalhes. Você não vai ficar explicando, vai mostrar. Os primeiros dez, quinze minutos, são os mais prováveis de você reaver sua magrela.

Faça hoje mesmo fotos das suas bicicletas e poste. No Face faça um álbum, pois álbuns são mais fáceis de encontrar do que ficar rolando a tela para achar um post antigo, coloca como privado para não ficar estranho na sua linha do tempo.

O que esperamos mesmo é que nada lhe aconteça, ande sempre em grupo, evite locais sabidamente perigosos ou ermos. Quando for para as estradas avise a polícia do seu destino e trajeto, se for em grupo também.

O mote aqui é prevenção, fique sempre ligado!

———————————————

Saiba mais, clique na imagem.
Saiba mais, clique na imagem.