Original ou cópia

Qual é melhor?

“I Knew You Were Trouble”
(originally by Taylor Swift)

Once upon time,
A few mistakes ago
I was in your sights,
You got me alone
You found me, you found me, you found me

I guess you didn’t care
And I guess I liked that
And when I fell hard
You took a step back
Without me, without me, without me

And he’s long gone
When he’s next to me
And I realize the blame is on me

Cause I knew you were trouble when you walked in
So shame on me now
Flew me to places I’d never been
Till you put me down oh
I knew you were trouble when you walked in
So shame on me now
Flew me to places I’d never been
Now I’m lying on the cold hard ground
Oh, oh, trouble, trouble, trouble
Oh, oh, trouble, trouble, trouble

No apologies
He’ll never see you cry
Pretends he doesn’t know
That he’s the reason why
You’re drowning, you’re drowning, you’re drowning

And I heard you moved on
From whispers on the street
A new notch in your belt
Is all I’ll ever be
And now I see, now I see, now I see

He was long gone
When he met me
And I realize the joke is on me

I knew you were trouble when you walked in
So shame on me now
Flew me to places I’d never been
Till you put me down oh
I knew you were trouble when you walked in
So shame on me now
Flew me to places I’d never been
Now I’m lying on the cold hard ground
Oh, oh, trouble, trouble, trouble
Oh, oh, trouble, trouble, trouble

And the saddest fear comes creeping in
That you never loved me or her or anyone or anything
Yeah

I knew you were trouble when you walked in
So shame on me now
Flew me to places I’d never been
Till you put me down oh
I knew you were trouble when you walked in
So shame on me now
Flew me to places I’d never been
Now I’m lying on the cold hard ground
Oh, oh, trouble, trouble, trouble
Oh, oh, trouble, trouble, trouble

I knew you were trouble when you walked in
Trouble, trouble, trouble
I knew you were trouble when you walked in
Trouble, trouble, trouble

.

Matrículas abertas para turmas de Maio!
Matrículas abertas para turmas de Maio!

.

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

-= Trabalhe a partir de casa veja aqui a ferramenta! =-

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

.

muna itani

.

.

Advertisements

Espaço político não fica vazio

Democracia é um exercício.

O povo sabe votar sim, está aprendendo cada vez mais, não tem assim memória tão fraca quanto querem que acreditemos. Mas então, você se pergunta, e com todo direito, como é que certas figuras estão sempre lá? Bom, um dos responsáveis é o Voto Proporcional.

Você não votou no cara que fez aquele escândalo, que roubou, de modo algum! Mas votou na legenda ou coligação dele. Você votou no seu vizinho. Você o conhece, sabe que é um cara inteligente e que pode ser um bom representante. Infelizmente ele não se elege… aí o voto nele vai somar no partido ou na coligação para a entrada do mais votado, que é o tal que você não pode nem ver na frente. É assim que o seu voto conta e dito cujo se elege.

Uma verdadeira sinuca de bico para o eleitor. As vezes tentando fugir disto acabamos fazendo o chamado Voto Útil, que é o votar nos que parecem ter mais chances. Isso também não resolve. Não adianta e podemos acabar reféns dos institutos de pesquisa.

A melhor saída, mesmo que isso deixe nosso vizinho triste por lhe negarmos o voto, é votar no partido. Você pode votar na pessoa, mas tem que levar em conta o partido também e ver quem são os outros na mesma legenda.

Nossa obrigação social é colocar lá um time cada vez melhor, que represente nossos ideais, nossos anseios em relação ao governo.

Não existe espaço político vazio!

Note que eu disse acima “..um dos responsáveis…” tem outro, tem sim, é o nosso comodismo. Esse comodismo ora se revela em votarmos sempre em um mesmo candidato sem pensar muito e ora em que não assumimos nenhum compromisso com o processo: não participamos.

Quem é bom… não se mete em política, certo? Errado, quem é bom participa. Se nós não nos manifestarmos nem, pelo menos, por meio do voto e não elegermos os nossos ideais e candidatos, outros o farão. Vai sempre existir Governo e teremos que nos submeter a ele. Esse é o tamanho da importância da nossa participação e do voto. (Que tal, prepare seu filho/a para ser o próximo/a presidente?!)

Voto Proporcional
Para saber o número de assentos de um partido na Câmara, primeiro é preciso calcular o quociente eleitoral, dividindo-se, para isso, o número de votos válidos apurados pelo de candidatos á Câmara. Segundo o Código Eleitoral (Lei 4.737/65), estão fora da disputa os partidos que não tiverem alcançado o número de votos igual ou superior ao quociente eleitoral. Os partidos que continuarem na disputa necessitam determinar quantos lugares cada um terá direito a ocupar. Esse é o quociente partidário: calculado dividindo-se o número de votos válidos da legenda pelo quociente eleitoral do município. Os eleitos são aqueles que obtiverem o maior número de votos dentro do partido, até o número de vagas a que a legenda tem direito. As vagas restantes são destinadas aos partidos com as maiores sobras de voto. Fonte: http://www.senado.gov.br/noticias/Especiais/possesenadores2011/noticias/entenda-o-que-e-voto-proporcional-e-suas-alternativas.aspx

Depois disto posto, quer mais ação e menos bla bla bla? Conheça AVAAZ.ORG participe!

Votei num elegi outro, como foi isso?

Links:

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Purificadores Purific, o melhor custo benefício. Água tratada na sua pia, deliciosa, leve para beber.
Purificadores Purific, o melhor custo benefício. Água tratada na sua casa, deliciosa e leve para beber.

Música boa, músicos bons, eu sirvo

Tem gente, acredite, que acha que um bom vendedor é aquele cara capaz de vender areia para beduíno, engano. Quem vende gelo para esquimó, areia para beduíno, é salafrário! Bem diferente.

Vendedor de verdade é uma pessoa que gosta de servir, gosta de gente, gosta de falar e compartilhar coisas boas. Está sempre servindo, de vez em quando tem custo, só isso.
Bom eu gosto de servir, para servir bem tenho que provar, se gosto do que degusto, então posso vender – servir.
Aqui agora um serviço musical, sirvo amigos. Se gostar… me liga, me escreve, que os entrego para seu entretenimento, festa, festival, etc, ok?

Veja os Playlists:

 

 

Contato:
13 9665-5151

Ensaio: Júlia Tygel e Adriana Holtz

Júlia Tygel, jovem compositora e pianista, acompanhada de Adriana Holtz toca seu novo arranjo para Beatriz de Edu Lobo e Chico Buarque. 

De suas experiências na música clássica elas trazem um tempero especial para a execução deste clássico da MPB na releitura de Júlia Tygel. O CD,  Júlia Tygel – Entremeadoscom suas composições  próprias e arranjos para obras de grandes nomes como Tom Jobim, Edu Lobo, Chico Buarque fica pronto em setembro.  Fique de olho, nós vamos dar o alerta, ok?

Beatriz de Edu Lobo e Chico Buarque em nova composição de Julia Tygel do CD “Júlia Tygel – Entremeados”. (Garavado durante ensio.) Júlia Tygel – piano, arranjos e composições, Adriana Holtz – violoncelo. A pianista Thais Nicodemo aparece na segunda foto desta montagem ela estava no ensaio onde participou da execução de Casa Forte de Edu Lobo.

 

Beatriz by Edu Lobo and Chico Buarque, new composition by Julia Tygel for her CD  “Júlia Tygel – Entremeados”. Julia Tygel – piano and Adriana Holtz – cello. Pianist Thais Nicodemo is in the second picture, she was at the rehearsal to play Casa Forte from Edu Lobo.

 

LOVELY WITCHES

http://www.youtube.com/v/KqKc_8ZtuAY&hl=en&fs=1

The Mummers Dance

When in the springtime of the year
When the trees are crowned with leaves
When the ash and oak, and the birch and yew
Are dressed in ribbons fair

When owls call the breathless moon
In the blue veil of the night
The shadows of the trees appear
Amidst the lantern light

[Chorus]
We’ve been rambling all the night
And some time of this day
Now returning back again
We bring a garland gay

Who will go down to those shady groves
And summon the shadows there
And tie a ribbon on those sheltering arms
In the springtime of the year

The songs of birds seem to fill the wood
That when the fiddler plays
All their voices can be heard
Long past their woodland days

[Chorus]
We’ve been rambling all the night
And some time of this day
Now returning back again
We bring a garland gay

And so they linked their hands and danced
Round in circles and in rows
And so the journey of the night decends
When all the shades are gone

“A garland gay we bring you here
And at your door we stand
It is a sprout well budded out
The work of Our Lord’s hand”

[Chorus]
We’ve been rambling all the night
And some time of this day
Now returning back again
We bring a garland gay

Loreena Mckennitt