Cruzeiro do saber e da criatividade

Livraria Cultura recebe o 1º Congresso Internacional de Economia Criativa

Encontro, que acontecerá no dia 31, conta com participação do Istituto Marangoni

anexos_checkurl.jpg?fd=0&tipoimg=web&newsid=278954&anexoid=588536&usuid=4729399&usu=carlos.rix%40gmail.com&log=0

O 1º Congresso Internacional de Economia Criativa (CIEC) tem sua abertura oficial marcada para o dia 31 de março (quinta-feira), às 9h, no teatro da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, localizado na Avenida Paulista, São Paulo. Logo após o evento segue para alto mar a bordo do Chilli Beans Fashion Cruise 2016, com atividades programadas até 3 de abril. Neste primeiro dia, ainda em terra firme, as pessoas poderão acompanhar temas como Uma Nova Economia, Cidades Criativas, Fashion Marketing – "A Gestão Apoia a Criatividade" e um Tour de Livros dentro da Livraria.

A curadoria e direção do 1º Congresso Internacional de Economia Criativa tem direção de Carla Wolff, CEO da agência Dreamakers Travel Experiences & Fashion Tours, operadora oficial e idealizadora do Fashion Cruise. "Este grande encontro será uma ótima oportunidade para promover a capacidade que o mercado brasileiro possui de gerar novos negócios, além de ser um grande exercício para os participantes explorarem nossa criatividade e entender seu valor econômico", explica Carla Wolff.

Entre os palestrantes estão: Ana Carla Fonseca Reis, Doutora em Urbanismo pela USP, conferencista internacional em economia da cultura, economia criativa e cultura e desenvolvimento; Alberto Hiar, fundador das marcas Turco Loco e Cavalera; Alejandro Castañé, sócio-diretor e consultor sênior da Garimpo de Soluções; Beth Wada, coordenadora dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Anhembi Morumbi; Dário Galiza, especialista em estratégia de marketing de moda do Istituto Marangoni em Milão, Itália; Jô Souza, coordenadora e professora de Pós Graduação e Consultora de Moda do Senac, Belas Artes, Escola Panamericana e IED; Dhora Costa, docente de graduação de Moda do Centro Universitário Belas Artes, Senac, Anhembi-Morumbi e Centro Universitário Belas Artes; além de Letícia Gonçalves, Mestre em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social.

Além da programação do CIEC, o Chilli Beans Fashion Cruise contará com, desfiles de grandes marcas do mercado nacional, inúmeras atrações musicais, batalha de artistas, festas, entre outras.

Confira a programação completa na lista abaixo:

31/03 – SÃO PAULO

Início do evento (Welcome + acomodação dos convidados + abertura)
Horário: 9h às 10h
Responsáveis: Jô Souza, Dhora Costa e Letícia Gonçalves

Mesa redonda l Tema: Uma Nova Economia
Horário: 10h às 10h45
Local: Auditório
Responsáveis: Ana Carla Fonseca e Alberto Hiar (Cavalera)

Mesa redonda l Tema: Cidades Criativas
Horário: 10h45 às 11h30
Local: Auditório
Responsáveis: Alejandro Castañé e Beth Wada

Intervalo: 11h30 às 13h

Curso Istituto Marangoni l Tema: Fashion Marketing – "A Gestão Apoia a Criatividade"
Horário: 13h às 16h
Local: Auditório
Responsável: Dário Galiza

Encerramento e Tour de Livros:
Responsáveis: Jô Souza, Dhora Costa e Letícia Gonçalves

01/04 – SANTOS

The Aft Lounge (deck 7)
Oficina de Customização (*atividade por ordem de chegada) com Maurício Araújo, Leticia Gonçalves e Leandro Dario

The Aft Lounge (deck 7)
Abertura do Congresso com Jô Souza, Dhora Costa

The Aft Lounge (deck 7)
Talk Show com Dudu Bertholini

Teatro The Strand (deck 6)
Fashion Campaigns com Filippo Piccardi (Istituto Marangoni Londres)

Teatro The Strand (deck 6)
Orientação dos grupos do workshop de Editorial de Moda do Istituto Marangoni com Andreia Meneguete, Leticia Gonçalves, Jô Souza e Ronaldo Grillo

02/04 – BÚZIOS

The Aft Lounge (deck 7)
Workshop Editorial de Moda – Grupo 1 com Filippo Piccardi (Istituto Marangoni Londres)

Graffiti (deck 15)
Workshop de estamparia com Camilla Bologna

La Prua Biano Par (deck 7)
Oficina de casting da Joy Model com Jocler Turmina, Fernando Hebert e Dhora Costa

Backstage (deck 7)
Encontro com ABEST (Associação Brasileira de Estilistas) e Facex Trade com Silvia Lima, Alba Ferrari e Cecilia Lima

The Aft Lounge (deck 7)
Workshop Editorial de Moda – Grupo 2 com Filippo Piccardi (Istituto Marangoni Londres)

Graffiti (deck 15)
Painel DJ Ban com Ban Schiavon e convidados

Graffiti (deck 15)
Oficina de Produção Musical

The Aft Lounge (deck 7)
Talk Show com Alexandre Herchcovitch

03/04 – ILHABELA

The Aft Lounge (deck 7)
Palestra Redes Sociais: Facebook e Instagram com Renato Carneiro e Carol Garcia

The Aft Lounge (deck 7)
Workshop de Facebook e Instagram para Pequenos Negócios com Gustavo Donda e Carol Garcia

Graffiti (deck 15)
Workshop de arte urbana com Mari Mats

The Aft Lounge (deck 7)
Educação em Moda com Katia Castilho e André Hidalgo

The Aft Lounge (deck 7)
Economia Criativa do Mercado Mundo Mix com Beto Lago, Thais Gusmão, Roberto Ethel e Maurício Araújo

Graffiti (deck 15)
Painel DJ Ban com Ban Schiavon e convidados

The Aft Lounge (deck 7)
O Sucesso do e-commerce com Paulo Conegero e Andreia Meneguete

The Aft Lounge (deck 7)
Oficina de DJ com Ban Schiavon

The Aft Lounge (deck 7)
Talk Show com Caito Maia

Teatro The Strand (deck 6)
Encerramento do evento com desfile de Herchcovitch;Alexandre

Teatro The Strand (deck 6)
Final dos concursos Summer Look e Fashion Film com Carla Wolff, Leca Calvi e Marina Dias

Para saber mais, acesse: http://chillibeansfashioncruise.com.br/congresso/

Informações à imprensa:
MktMix Assessoria de Comunicação
Tânia Otranto/ Balia Lebeis / Roberto Ethel
Coordenação: Luís Dolci
luisdolci
Atendimento: Ivan Carvalho
ivan
Tel: (11) 3060-3640 ramal 3647

Advertisements

Leite não, Inhame sim

 Suco, vitamina com Inhame?  Shake de Inhame?!

Descasque o Inhame
Descasque o Inhame

Descobri o Inhame quando tive dengue há alguns meses. Fui ao posto e fiz exame de sangue, deu “111 mil plaquetas”.

Na noite do mesmo dia comi Inhame, por recomendação de uma amiga, a Angela.

Santa Angela!

No dia seguinte fiz novo exame e o resultado foi 255 mil… O que bateu com o que sentia, mais energia para enfrentar a danada da dengue.

Virei fã do tal tubérculo, o Inhame.

————————————————-

Atualização em 30/03/2016 – o “leite” do Inhame ou cara, fica bom com frutas, com shakes e até mesmo puro. Gelado, é refrescante e leve. Estou usando no lugar do leite de vaca para fazer todo tipo de vitamina.

————————————————-

Hoje descobri uma forma nova de o consumir, uma delícia:

Inhame com Shake de Morango

Ingredientes:

Um pedaço generoso de Inhame
Gelo a gosto
água (dois copos +/-)
Shake sabor morango

.
Preparo:

Descasque o Inhame, pique e coloque no liquidificador com um copo de água, deixe bater bem. Acrescente duas colheres de Shake de morango, o gelo e bata, acrescente mais um copo de água, bata bem.

Pronto, fica gostoso. Bom, eu achei…

– O Inhame batido com água vira um “leite”, acredito que dá para fazer com outros sabores de Shake também. O melhor de tudo, você recebe todos os benefícios do Inhame, as vitaminas do Shake e evita tomar leite.

Veja para quantas coisas o Inhame serve:

Inhame-trandes

Fonte e mais dicas:
http://www.sodetox.com.br/suco-de-inhame-conheca-seus-beneficios-e-modos-de-preparar/

Veja nas fotos abaixo outro modo de preparar:

This slideshow requires JavaScript.

Atenção:

  • Esta receita deu certo para mim.
  • Recomendo, mas você precisa ver se não tem aversão ou alergia a qualquer dos ingredientes.
  • Em caso de dúvida consulte um nutrólogo ou nutricionista

Mova Mais, viva mais

​Já vi muitos aplicativos prometendo trocar atividade física por pontos, prêmios, etc. Nenhum deles era realmente prático. A primeira revolução do Mova Mais é você se cadastrar, marcar o sistema que usa para registrar suas atividades e colocar o Mova Mais para conversar com o aplicativo de sua preferencia, fácil. Ou seja, coloco meu Strava para funcionar e vou fazer meu pedal, o Strava conversa com o Mova Mais e passa os dados para que eu receba os pontos. Um único aplicativo rodando com duas funções, isso é ecológico, economiza bateria.

Não perca tempo cadastre-se já: Mova Mais

Em uma semana e meia já fiz mais de 300 pontos


O que dá para fazer com os pontos, é uma boa pergunta.
De acordo com o site “Um usuário ativo pode ganhar mais de 15 mil pontos Mova Mais por ano… …Nosso objetivo é que você use estes pontos conquistados com exercícios para facilitar o resgate de vôos, diárias em hotel, eletrônicos e muitos outros benefícios valiosos para você. Nossa primeira parceria de troca de pontos é com Multiplus, onde cada 10 pontos Mova Mais equivalem a 1 ponto Multiplus.”

Bom, de fato, o mais importante é que você está se mantendo ativo e lucrando com isso é mais uma boa recompensa. O primeiro parceiro da MM, o Multiplus, oferece mais de 550 mil opções de produtos e serviços para trocar pelos seus pontos. É possível fazer a conversão a partir de 3.000 pontos ajuntados.

Em uma semana e meia fiz 340 pontos, se me aplicar um pouco mais, a cada dois meses e meio poderei fazer um resgate de 3000.

Vou testar, é fácil de usar, não custa nada. Em três meses volto para terminar esse post, contar para você o que rolou, ok?

Gostou da dica, entre no Mova Mais com meu link, ok?
http://movamais.com/?convite=m0pxw05dlI

Mais dicas: https://carlosrix.wordpress.com/2016/03/31/movamais-interessante/

SUFRAMA comemora 49 anos

SUFRAMA comemora 49 anos com extensa programação de atividades nesta semana

Texto/Foto: Layana Rios

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) realiza, nesta semana, uma série de atividades para celebrar o seu 49º aniversário. Criada pelo Decreto Lei nº 288, de 28 de fevereiro de 1967, a SUFRAMA é uma autarquia vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e tem o papel de promover o desenvolvimento socioeconômico de sua área de atuação – Estados da Amazônia Ocidental (Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima) e municípios de Macapá e Santana, no Estado do Amapá.

Nesta segunda-feira (22), a programação foi iniciada com um culto ecumênico, na sede da SUFRAMA, seguido da abertura da exposição “SUFRAMA: 49 anos” que apresenta 49 itens, entre documentos, livros, fotografias e produtos fabricados no Polo Industrial de Manaus (PIM) que retratam um pouco da história da autarquia. A exposição está localizada no hall da sede da SUFRAMA e ficará montada até sexta-feira (26), aberta ao público em geral.

exposicao 1
exposicao 1

“Esta é a semana do aniversário dos 49 anos da SUFRAMA. Não poderíamos começá-la sem agradecer a Deus por termos o modelo Zona Franca de Manaus consolidado e, apesar do momento que o nosso País vive, termos indústrias investindo e gerando emprego na nossa região”, afirmou a superintendente da SUFRAMA, Rebecca Garcia. A superintendente explicou, ainda, que a exposição criada no hall da autarquia “é uma pequena demonstração de que a Zona Franca de Manaus tem história e de que, resguardada e respeitada essa história, será possível construir um futuro melhor.”

Programação
Na terça-feira (23), a partir das 9h, será realizado, no auditório da SUFRAMA, o painel de debate “Zona Franca de Manaus: 2016-2036 – das perspectivas à concretude de ações”, com a realização de dois sub-paineis: o primeiro diz respeito ao Plano Diretor Industrial 2016-2036 e os cenários para a indústria no Amazonas e o segundo abordará a governança e o desenvolvimento estratégico da agricultura e pecuária no Amazonas. O evento contará com a participação do Centro da indústria do Estado do Amazonas (Cieam); Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam); Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon/AM); Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa); e Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

De terça a quinta-feira (25), a SUFRAMA promoverá visitas dos servidores da autarquia a fábricas do PIM e palestras sobre a Zona Franca de Manaus (ZFM) em escolas públicas. Na quarta-feira (25), acontece, ainda, das 8h30 às 12h30, no auditório da SUFRAMA, um curso básico de Exportação, que faz parte das ações do Plano Nacional de Cultura Exportadora (PNCE).

Encerrando a programação organizada pela SUFRAMA, na sexta-feira (26) acontece a 272ª Reunião do Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS), às 10h30, no auditório da autarquia, com a presença do secretário-executivo do MDIC, Fernando Furlan, que presidirá a reunião. Na ocasião, a superintendente Rebecca Garcia fará o lançamento do novo site da autarquia, que passou por uma reestruturação e atualização de conteúdos e foi adequado à nova identidade padrão de comunicação digital estipulada pelo governo federal.

Homenagem
Pela passagem dos 49 anos, a SUFRAMA receberá uma homenagem da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM), no dia 1º de março, às 11h, no Plenário Ruy Araújo. Durante a solenidade serão homenageados quatro servidores de carreira da autarquia.

 

Aventura – Viagem pelo rio Amazonas

Ciclovias Maravilhosas

Foi inaugurada no Rio de Janeiro (17/01) a ciclovia da avenida Niemeyer, conectando os bairros do Leblon e São Conrado, na zona sul carioca. Com 3,9 km de extensão e praticamente toda a estrutura suspensa à beira-mar, a ciclovia foi batizada oficialmente de Ciclovia Tim Maia, em homenagem ao músico que cantava “Do Leme ao Pontal, não há nada igual” em referência às praias da zona sul e zona oeste da cidade. A via já vinha sendo usada meses antes da inauguração, mesmo incompleta.

“Estamos trabalhando para alcançar a meta de 450 km de estrutura cicloviária ainda este ano” – Altamirando Moraes, Subsecretário de Meio Ambiente. A pedalada inaugural contou com a presença do prefeito Eduardo Paes…

Leia mais http://vadebike.org

– Esta notícia é muito boa!

Mas quem é aqui de São Paulo tem uma ciclovia panorâmica natural de mais de +/- 30 km pronta para utilizar.
Você sabia disto?

Linda, plana, perfeita e, na temporada, bem segura.

Da Península, na praia da Enseada, no Guarujá, até Praia Grande, passando por Santos e São Vicente, podemos fazer um passeio a beira mar maravilho. Leia mais: Vem Pedalar na Baixada Paulista!

Aparecida, Carlos e Renata
Aparecida, Carlos e Renata, ida e volta, um passeio de 57 km.

Oportunidade – Amazônia Conectada

O Amazônia Conectada pretende interligar 52 municípios do Amazonas através de quase 8 mil quilômetros de cabos de fibra óptica. A participação da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) no projeto foi discutida em uma reunião com representantes do Centro Integrado de Telemática do Exército Brasileiro, ocorrida na quarta-feira (17), na Sala de Autoridades da Infraero, no Aeroporto Eduardo Gomes.

Rebecca Garcia, ​​superintendente da SUFRAMA, e o superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Marcelo Pereira, manifestaram interesse que o projeto seja estendido até o município de Tabatinga e que também possa resolver o problema de oferta de Internet (especialmente a velocidade na transmissão e recepção de dados) para a área do Distrito Industrial.

“A SUFRAMA tem todo o interesse na superação da ausência de infraestrutura de telecomunicações nos municípios da Amazônia. A inclusão de Tabatinga é essencial tendo em vista que essa Área de Livre Comércio irá se tornar uma Zona Franca Verde”, frisou a superintendente.

O gerente do Programa Amazônia Conectada, capitão Luciano Sales, explicou que o projeto aproveita as estradas naturais da Amazônia – os rios – para levar Internet aos municípios. As infovias (linhas digitais por onde trafegam os dados) devem percorrer os leitos dos rios Negro, Solimões, Madeira, Juruá e Purus. Segundo Sales, o valor total do projeto chegou a ser orçado em R$ 8 bilhões, mas, entre outras medidas, a seleção de um fabricante de cabos de fibra óptica da Noruega possibilitou a redução dos custos para R$ 600 milhões (levando-se em conta a cotação do dólar a R$ 4).

“A implantação do projeto está dividida em partes. Na primeira, é aproveitada a estrutura do gasoduto Manaus – Coari para levar a fibra óptica até o interior do Amazonas. A etapa seguinte abrange o trecho entre os municípios de Coari e Tefé. A previsão é que a cerimônia de entrega ocorra em maio, com a presença da presidente Dilma”, observou o capitão, ressaltando que há previsão da interligação de Tefé a Tabatinga.

Vem Pedalar na Baixada!

Durante a temporada – no Guarujá, Santos e São Vicente – o número de policiais espalhados pelas prais é enorme. Isso traz segurança para curtirmos um passeio de bicicleta muito gostoso.

Tudo plano, 90% dele via ciclovias. Você pode sair do Guarujá e ir até São Vicente ou Praia Grande, passando por Santos e retornar sem maiores problemas. Uma delícia. A ponte pênsil foi reinaugurada!

Se seu passeio começar, por exemplo, na Península da Enseada, no Guarujá, você vai pedalar os primeiros 8/9 kms vendo a praia da Enseada, depois pode cruzar o centro pela Av. Leomil, passar pelo Sobre as Ondas no final da Pitangueiras. Neste ponto vai ter uma bela vista da praia das Astúrias e de lá segue para a balsa pela Av. dos Caiçaras, para cruzar para Santos. (bicicletas e ciclistas não pagam para atravessar)

pedalgjasv
Você cruzou a balsa, então está na Ponta da Praia e seguindo pela ciclovia vai até o final no Emissário, que é a divisa com São Vicente. A passagem por Santos é uma beleza, 100% via ciclovia, com muitos jardins, quiosques para se alimentar e fazer um descanso, e claro, a praia sempre ali do lado.

Nesta parte do passeio você pode aproveitar e visitar o Aquario, o Orquidário, o próprio Emissário, subir o morro da Asa Delta, ou seguir em frente e ir em S. Vicente visitar a Ponte Pênsil e a Biquinha. Dá para fazer as quarto coisas.

Ida e volta vai render uns 40/50 km, vale mesmo a pena descer a Serra e experimentar. Dá para descer de ônibus.

 

wpid-dsc_1351.jpgUma sugestão, desça de ônibus com as bicicletas na mala. Do Jabaquara vá para o Guarujá e de lá vá até São Vicente e volte para Sampa de Santos. Vai dar uns 25/30 km e será um pedal, além de tudo, ecológico. 🙂

Pena que só dá para recomendar isso na a temporada. Fora dela só pedalamos em grupos, de preferencia grandes e olhe lá… Você pode pesquisar os grupos de ciclistas de Santos e região, tem vários, entre em contato, junte-se a um deles em pedais pelas cidades, para Bertioga, Mongaguá, pelos morros e praias, etc.

Pedale!
recomendo: https://carlosrix.wordpress.com/2015/06/10/bici/