Ciclismo – Cultura, Saúde e Lazer

Pedalar é algo simples, mas nos últimos anos virou ação ecológica, marca de cidadania e até bandeira política. A bicicleta deixou de ser só brinquedo para virar meio de transporte. Esse processo foi muito rápido, como tudo hoje em dia. Precisamos aprender mais, saber nos portar no transito – tanto por segurança como por etiqueta.

Aqui no Guarujá, já foram feitos projetos ligados as escolas públicas para iniciar esse aprendizado logo cedo. “No ano passado foi criado o Prêmio Cidadão do Trânsito. A premiação foi em Setembro/2014, para diversas categorias conforme a serie dos alunos da rede municipal. Excelente exemplo, afinal, o aluno de hoje é o cidadão de amanhã também no trânsito.

O ciclismo é um a prática esportiva relativamente barata e, em tese, qualquer pessoa pode pedalar. A modalidade pode ser praticada em toda parte e a qualquer hora por homens, mulheres, jovens e crianças. Basta que a pessoa esteja saudável, em condições físicas para a prática esportiva. “Pessoas saudáveis com alguma deficiência também podem pedalar em bicicletas adaptadas.” Afirma o jornalista João Lage ligado ao site Gente Ciente que trabalha serviço de pessoas com deficiência. Como vemos os benefícios do ciclismo para todos praticantes são muitos e significativos.

Elizário dos Santos, o motorzinho – Santos – SP

O Médico, nefrologista e geriatra, Dr. Salvador Ovidio de Arruda Neto, “a atividade física, deve sempre ser estimulada, em especial para quem já está chegando na terceira idade. Claro, de acordo com as possibilidades individuais. Por exemplo, quem tem doenças degenerativas osteo articulares, condição cardio respiratória, sobrepeso, etc precisa ter cuidado… a “dose” tem que ser dimensionada adequadamente, tudo dependerá da condição clinica existente no inicio do condicionamento físico. Para observar estes critérios e possibilidades, obrigatoriamente toda e qualquer atividade física deve ser precedida de avaliação médica, laboratorial, capacidade cardio-pulmonar, radiologias, etc. Qualquer orientação quanto a modalidade partirá deste fundamento, a avaliação médica. Em resumo: toda atividade física é bem vinda para todas idades em especial na terceira idade onde esta atividade além dos benefícios físicos evidentes ainda promove melhora da auto estima e a alegria de viver bem.”

Leonardo Blumenfeld, aposentado, ex-funcionário da Prefeitura de Cubatão

Pedalar é uma alegria e é mais eficiente que o Facebook.

Vários aposentados encontram no ciclismo um passatempo interessante. Ele permite criar novas amizades, aprofundar relacionamentos antigos, dá oportunidade para compartilhar experiências e aprender coisas novas também. Você pode ter pedalado muito sozinho antes, mas hoje, em parte por conta da violência, o número de grupos é grande e vai dar chance de você ter uma nova alegria. Intitulados Pedais, Clubes, Grupos X ou Y é fácil procurar e achar vários deles nas mídias sociais. E é chegar, se apresentar e sair junto para pedalar que as amizades começam.

Que maravilha de experiencia! Quando você precisar usar o carro, leve dentro de você o ciclista, leva o cidadão, a calma e a compreensão de que no transito quem mata não são os veículos, mas as pessoas. O ciclista é o cidadão que se colocou em uma situação, queira ou não, mais frágil e viu. Viu que dá para fazer diferente, ser solidário, dar passagem, esperar, compreender, ser companheiro. O nosso prazer, pedalar, é uma escola de cidadania e o que aprendemos precisamos levar conosco a toda parte. Da bici para o carro, nunca o contrário.

O mais importante é aproveitar todo esse movimento. Que produz vitórias, alegrias, conquistas e nos humanizarmos cada vez mais, cada vez mais cidadania, apreço e resiliência. Temos que sair do carro e deixar lá as neuras que nele desenvolvemos com a pressa, com o passar do tempo. Começar de novo pedalando, como já disse uma vez faz algum tempo no FB, devagar prendemos mais. Aprendi no meu trabalho que água tem que passar bem de vagar no refil do purificador para sair do outro lado pura, neste trajeto ela vai interagindo com as camadas, os componentes, do refil trocando impureza por pureza. Somos como a água, pedalar é sempre mais lento, podemos chegar melhores no nosso destino, interagindo com a vida, os amigos e o meio.

A seguir cenas comuns nos pedais e clubes:

Concentração para o Pedal Terror que reúne pessoas de Guarujá e Santos, vez por outra, visitantes, até estrangeiros!
Balsa Guarujá-Bertioga – pessoal da baixada fazendo escolta para um casal de Argentinos https://www.facebook.com/noepedretti
Edvaldo Soares, de Vicente de Carvalho, no Guarujá, sempre pronto para fazer um socorro. Na ultima viagem parou para ajudar um ciclista local em dificuldades com o pneu furado, o rapaz iria ter que caminhar 3 ou 4 km para chegar a uma bicicletária.

Meninos e meninas pedalam juntos com muito respeito, cuidado e carinho.

Advertisements

Alemanha e o Destino, quem é o senhor?

TRENQUE-LAUQUEN
Hoje em dia a cidade cresceu.

​Há uns dez anos estava visitando a Argentina​. Fomos a então pequena cidade de Trenque Lauquen, zona rural com muitas fazendas, o lugar fica a uns 400 km de Buenos Aires. Não chovia e meu amigo, um holandês que já havia morado no Brasil, me levou para mostrar sua fazenda. Foi um passeio a cavalo delicioso, descobri que o terreno todo era muito arenoso e tinha que sempre estar coberto: girassol, milho, aveia, alfafa e soja se alternavam sempre.

No final do passeio o holandês me contou que o gado já estava sofrendo com a falta de água. Um pequeno açude ainda dava conta, mas era preciso racionar. Isso certamente prejudicaria a engorda. Virei pra ele e disse, vamos orar e pedir a Deus que chova, que ele mande chuvas para Trenque Lauquen.  Ele olhou para mim e disse com muita calma: “rezo para que não me falte saúde, força, inteligência, coragem para trabalhar e paz, o resto Deus sabe.”

Demorou cair a ficha, mas logo entendi. “Deus sabe onde tem ou não tem que chover” continuou “a chuva que para mim será boa pode destruir a lavoura de outro, diminuir a produção…”  É isso aí, nossa paga vem pelo trabalho, pelo nosso esforço. É como no futebol. Acabamos de ver isso nesta copa (2014 Brazil). Deus não toma partidos. Tem grama, luz, juiz e bandeirinhas para os dois times. Ganha quem jogar melhor!

Uma Alemanha organizada, coesa, treinada, com ritmo de jogo atropelou o time brasileiro. Faz tempo que vivemos da sorte, ou melhor da fatalidade alheia. Lembra do Baggio? “azar” dele/es, “sorte” nossa, não foi? E o Galvão gritando: “Buda contra Cristo” Ridículo. Mas é isso a gente cresce ouvindo besteiras e acaba acreditando que se tratam de fatos.

Não tem deus brasileiro, não tem sorte, não tem jeitinho. Precisamos entender isso. O que existe e dá certo é trabalho, fruto de trabalho e de suor. Isso se aplica a tudo em nossas vidas. Tem uma mentira aí que nos atrapalha: Tratamos Deus, o governo, o patrão, as pessoas em posição de autoridade como se fossemos mendigos que precisam de assistencialismo.

Chega de mendigar, esperar a sorte, vamos fazer acontecer!

Essa seleção da Alemanha vem jogando junto há mais seis anos, passaram muitas coisas. Foram derrotados, continuaram a treinar, lutar, trabalhar. O trabalho realizado garantiu agora a participação na final da Copa do Mundo da FIFA. Isso pode ser assim nas nossas vidas também. Chega de ficar esperando do céu, do governo, do patrão, de quem quer que seja! Vamos fazer acontecer. Isso é muito mais importante que a copa da Fifa.

Bom, a Copa ainda não acabou, domingo saberemos quem é o campeão, que vença o melhor. Mas é um jogo, tudo pode acontecer. Vou torcer pela America Latina, agora representada pela Argentina. Como disse Milton Neves, sitando Nelson Rodrigues, “O futebol é a coisa mais importante dentre as menos importantes”. Importante mesmo é que você seja senhor de seu destino, faça acontecer e no caminho vá se divertindo com o que for possível.

 

———————-

————–

visite:

Escola Bilíngue no Guarujá
Água – Purificadores

Comprar no Guarujá na temporada

Como comprar produtos de qualidade com preço razoável e tranquilidade no Guarujá (SP)? Fora da temporada essa é uma tarefa muito fácil. Mas chega o verão, as festas de final de ano, a temporada e aí “a porca torce o rabo”. A rotina para os turistas é de muitas filas, para o pão, fila da carne, dos frios, das verduras, fila de tudo – é uma loucura.

Bom, estas dicas não são muito secretas, basta pensar um pouco. Onde estão as pessoas que moram na ilha? Onde vivem a maioria delas? A resposta está aí. Por exemplo, a caminho da balsa saindo do centro do seu lado direito tem um bairro enorme chamado Sto. Antonio (Jd Primavera), alí – na Alameda das Palmas – tem mercado local e às sextas-feiras uma feira livre.

compre local

dsc 0542
Sem filas…  🙂

Os_preços são bons, não tem filas, você encontra de tudo.

A feira livre, que começa cedinho e vai até as 14 horas, é muito boa. Além de não ter filas… tem produtos de muito boa qualidade – fiquei impressionado:

This slideshow requires JavaScript.

Repare na alface na mesa de 4 lugares lá em casa, gigante. Paguei dois reais, no centro estava mais de três e era um alfacezinho mirrado… Saia do lugar comum, compre em locais diferentes, compre local.

Boa praia!!!

—————————–

purific add

Chegar a Guarujá com Segurança

Chegar ao Guarujá é muito simples…  se você está em São Paulo pegue a Imigrantes, depois a Cônego Domênico Rangoni (Piaçaguera) e pronto.  Bom, isso foi antes do apagão dos transportes e rodoviário que estamos vivendo.

Agora, essa viagem de  menos 100 km, pode levar muitas horas.  Se você der azar e ficar preso – por exemplo – em Cubatão ou na serrinha, por conta do excesso de caminhões ou um acidente mínimo.

O QUE FAZER?

Seu principal aliado é sem dúvida o telefone de informações da operadora Ecovias 0800 19 78 78. Ligue e saiba, ainda no Planalto, por onde é melhor descer. Antes do final da serra ligue outra vez e veja se é melhor ir pela Cônego ou por Santos (Balsa).

Outros aliados bons são os letreiros luminosos. Diminua a velocidade e os leia com atenção, isso pode salvar o dia.

O SITE : http://www.ecovias.com.br/

É um portal completo com muita informação, planejar sua viagem leva bem pouco tempo, vale cada segundo:

Veja abaixo o resultado da minha pesquisa – quantas informações interessantes:

Beleza, não? Muito bom mesmo, mas não deixe de anotar no celular o fone da Ecovias e de ficar ligado na sinalização.

Para ver a travessia na balsa: http://www.dersa.sp.gov.br/travessias/cameras_aovivo.asp

Boa viagem e boa praia!!!

Visite o site dos nossos patrocinadores:

DIHLlaranja

Cocô e a Saúde

Lá dentro da gente, o que passa na primeira parte do sistema digestivo, os “restos” dos alimentos, continua seu trajeto em direção à saída. Essa massa, no intestino grosso, se mistura com muita água e forma afinal o bolo fecal – o cocô.

A forma, a frequência, o cheiro, a textura das nossas fezes podem ser sinalizadores de problemas ou de ajustes que precisamos fazer para termos a saúde o mais perfeita possível. Acredite: o cocô diz muita coisa sobre a nossa saúde.

O cocô pode denunciar o início de um câncer de intestino. Pode indicar falta de água, de fibra, de vitaminas ou os excessos: sal de mais, gordura de mais, etc.

shit
Vaso = laboratório caseiro…

“Olha a merda que você fez!”

Desculpa a brincadeira, mas é isso mesmo. Tem gente que corre puxar a descarga antes mesmo de se levantar do vaso. Não, calma, espera um pouco, olhe a sua obra! Avalie se está tudo normal: cheiro, cor, forma, quantidade e textura são informações valiosas.

Fezes Normais – Geralmente têm aspecto castanho-parda e pastoso homogêneo, possui odor característico. As fezes normais são sólidas e apresentam 75% de água na sua composição. A forma das fezes normais varia em sua consistência, moldada pelo esfincter anal em cilindros, geralmente uniformes, com estreitamento terminal (provocado pelo espasmo do reto). As fezes normais contem pouca viscosidade, que não depende da consistência, mas sim do teor de muco. Geralmente, uma alimentação adequada, faz o indivíduo eliminar de 100 a 150 g de fezes, por dia. (fonte Wikipedia)

Se sair tudo como bolotinhas, com certeza, é preciso aumentar o consumo de água. Ressecamento pode gerar fissuras e sangramentos danos que eventualmente pode trazer maiores complicações. Aumentou a água não passou, vá pro médico!

Se estiver muito fininha e em pouca quantidade pode ser um problema no reto ou falta de fibras na sua alimentação. Coma mais verduras, aveia e folhas verdes que são fontes de fibra. Os shakes da Herbalife também tem fibras, vitaminas, minerais, podem ser seu café da manhã – um bom começo. (quem toma tem que aumentar o consumo de água)

Se estiver muito fedido… triste, né?.  Vamos lá, diminua carnes vermelhas, beba mais água e capriche mais nas saladas.

Como já vimos cor de cocô é marrom.

Se as fezes estiverem escuras pode indicar que há sangramento ou excesso de ferro no organismo. Se estiverem esbranquiçadas ou amarelas: isso pode acontecer por causa do excesso de leite, pelo uso de antiácidos ou até por causa de uma hepatite. Ainda pode ser por causada do parasita chamado giárdia – cuidado!

Isso aqui é o básico do básico, para você ficar ligado.  Para você ter um pequeno norte e se cuidar melhor.  Qualquer desvio do normal procure seu médico, sempre, ninguém melhor que ele para avaliar sua condição. Vá ou médico regularmente.

Escolha o que você come com critério. Dê uma avaliada na sua família, no histórico. Do que as pessoas morreram, quais males se repetem, perceba quais alimentos fazem parte dessa história e faça as mudanças necessárias. Um nutricionista pode avaliar isso com você ajudar muito. Mude a história a seu favor.

– O Cocô na antiguidade: Os banheiros públicos costumavam ser banheiros coletivos, as latrinas. Nestes banheiros públicos, sem cabines privativas, as pessoas de diferentes níveis sociais se encontravam, e até costumavam conversar enquanto evacuavam. (fonte Wikipedia)

————————— 
www.123herbalife.com Herbalife – Bem-estar e controle de peso.
—–
purific add
Visite nosso site!