Faixa Branca Perigosa

No ultimo dia 12 (12/11/15) cai um tombo feio no retorno que fica em frente ao Monumento símbolo do Trabalhador Portuário, na Av. Perimetral, no Macuco. Foi feio mesmo porque não tive chance de fazer nada, num minuto estava pedalando (12 km/h +/-) e no outro estava no chão me contorcendo de dores. Por sorte não quebrei nenhum osso, mas tive ferimentos profundos, nas mãos, no joelho esquerdo e no ombro esquerdo também.

​A cena ficou na minha cabeça, repassando, tentava entender. Chovia um pouco, chovia fininho. Chove muito por aqui. Então, do nada… BAM, estou no chão! Como foi isso? Voltei lá para examinar o local, foi a faixa branca mesmo​. Ainda tinha a marca do escorregão e riscos no asfalto causados pela bicicleta.

Fiquei a pensar, como os caras usam uma coisa para sinalizar transito que pode causar “acidentes”. (​S​e sabemos que algo pode causar acidentes e não remediamos a situação não é mais acidente​, correto?​) Pesquisando achei e​m um​ fórum da Federação de Moto Clubes do Estado de São Paulo​ uma discussão justamente sobre isso​ . Veja – interessante para quem esta em duas rodas, com ou sem motor​:​ http://www.federacaomc.org.br/forum/viewtopic.php

​Achei várias matérias sobre este tipo de “acidente”. http://www.motociclismocomseguranca.com.br/tag/faixa-de-transito-escorregadia/ Muitos motociclistas são vitimas destas faixas. Mas não é só o pessoal de duas rodas, não, também achei dados sobre pedestres que escorregaram simplesmente atravessando a rua.

Acontece perto da gente. Sexta-feira (13), no dia seguinte, conversei com o pintor, Sr. Fernando, morador de Santos. Ele perdeu dois dentes em um “acidente” semelhante, também em Santos. Quando o que era para gerar segurança coloca a pessoa em risco a coisa se complica. É preciso buscar soluções.

E aí me pergunto, o que falta? Engenheiros, verba, vontade política, competência, atenção as demandas da comunidade? Perdi dois dias de trabalho, parei o senhor Marcos, que por sua vez parou o torno em que trabalhava para me deixar entrar em sua empresa e me lavar (fiquei muito grato), dei gasto para a cidade de Santos no Pronto Socorro (fui muito bem atendido), etc.

Adoro Santos. Acho a prefeitura de Santos competente e é amiga dos ciclistas. Está agora mesmo reformando ciclovias e construindo novas, Santos está de parabéns. Espero que eles, e outras prefeituras, prestem atenção a essa questão. Vou registrar ocorrência (BO) e recomendo que todos que passarem por problemas similares façam o mesmo. As nossas autoridades precisam saber o que há de errado.

O que me interessa não é indenização, mas pedalar em segurança.

———————

Visite a maior feira da Amazônia – FIAM 2015

Advertisements

Porto de Santos – Barca bate em “navio”

DSC_0002Barca que faz o trajeto Vicente de Carvalho no Guarujá ao Centro de Santos bateu em um navio. A foto ao lado mostra a embarcação atracada em Vicente de Carvalho e variada, o zoom abaixo mostra parte da avaria.

De acordo com dona Lurdes, que estava na barca no momento do impacto, foi um estrondo, alguma pessoas desmaiaram, “muita gente passou mal”, disse.

Ela não soube informar se houve feridos e se foram para algum pronto socorro. Mais tarde soube que o acidente foi com a draga, que não deixa de ser uma embarcação tão grande quanto.

DSC_0002b

Novas Barcas – Bonitinhas, mas…

​As novas barcas para a travessia entre Vicente de Carvalho em Guarujá e o Centro de Santos ficaram bonitas por fora, por dentro têm um probleminha. Elas  já estão em operação a bastante tempo. Ficaram bem confortáveis: ar, assentos macios, espaço, portas… tudo bom até aí. Infelizmente quem projetou a embarcação não sabe nada de turismo ou não levou em conta a estatura média dos brasileiros.

O Porto de Santos, esse trajeto em especial, é em si um ponto turístico interessante. Poderia ser explorado. Infelizmente quem está sentado na barca dificilmente vai poder aproveitar o passeio. Basta comparar a disposição das poltronas em um ônibus de viagem com as do barco para notar o erro grotesco.

O fato é que as janelinhas, janelinha mesmo, estão dispostas acima da linha das poltronas. O sujeito tem que se espichar para olhar para fora e quem está em pé tem que se inclinar abaixando. Me lembra o Macaco Simão com a coisa das piadas prontas, veja, as fotos (de arquivo) que atestam tudo:

This slideshow requires JavaScript.

Quanto ao acidente, parece que tudo não passou de um grande susto. Ainda bem, quem sabe sirva para chamar a atenção do governo para falhas no projeto que não são tão evidentes para leigos como as que citei e demonstrei acima.

——–=——–
—–=—–

Seja ecológico, diga adeus as garrafinhas!
Seja ecológico, diga adeus as garrafinhas!

Árvore cai no Guarujá, mãe e filho escapam por pouco

Por volta da 13:30 horas desta tarde (04/12/2012) uma árvore centenária caiu na Rua Washington, nas proximidades do número 264, no centro do Guarujá no litoral de São Paulo. A senhora Fabiane, que deixava seu filho na escola existente ali comentou: “por muito pouco não fomos vitimas de um acidente terrível”.

– “Passamos, em seguida ouvimos um estrondo e ví a árvore no chão pelo retrovisor.” afirmou ainda traumatizada pelo ocorrido, “foi por Deus, concluiu.”

De acordo com a secretaria da Escola Internacional Nova Geração o carro de um dos pais de alunos foi atingindo. Apenas três veículos foram danificados.  “O horário não colaborou, nesta hora acontece a saída e entrada de crianças na escola.” afirmou a funcionária.

Eis aí um aviso! Escapamos por pouco! A prefeitura tem que vistoriar as árvores do Centro da cidade, a maioria velhas e pesadas, plantadas em solo frágil.

Um próximo evento pode ser fatal, melhor prevenir.

.

conheça o projeto: www.sosanjos.com.br

…………………………..

Procurando uma oportunidade de negócio? Conheça o EVS da Herbalife